terça-feira, 29 de setembro de 2009

Novidades "Europa-América"




"Da História da Destruição de Tróia" de Dares Frígio

Sinopse:

Um clássico inédito em Portugal e traduzido directamente do latim pela professora Reina Pereira (Universidade da Beira Interior), que lhe acrescenta uma extensa nota introdutória e mais de sessenta notas.

Tal como na Ilíada de Homero, em Da História da Destruição de Tróia, de Dares Frígio, vamos encontrar personagens tão famosas e míticas como Aquiles, Hércules, Heitor, Páris, Agamémnon e a bela Helena de Tróia.

No entanto, e ao contrário de Homero, Dares Frígio elimina toda a intervenção dos deuses, numa tentativa de atribuir à obra maior veracidade, indicando como motivos principais da guerra certas rivalidades amorosas.

Os escritores medievais, como Chaucer, acreditavam que o relato de Dares Frígio — supostamente uma testemunha ocular — era mais autêntico do que os de Homero ou Virgílio.

Obra que pretende ser um relato da guerra de Tróia, na versão de um combatente troiano, nela encontramos uma enorme riqueza de dados referentes à política, usos e costumes, estratégia e religião dos primórdios da Grécia Antiga.




"O Exílio dos Anjos" de Gilles Legardinier


Nomeado no Festival de Cinema de Berlim de 2009 como um melhores livros para adaptar ao cinema

Quando a memória é mais forte do que a morte.

Eles não se conhecem, mas têm o mesmo sonho, que os transportará para um universo cheio de mistérios. Valeria, Peter e Stefan encontram-se na enigmática capela das Terras Altas, na Escócia, mas ignoram que são a prova viva duma descoberta revolucionária sobre a memória, que fora feita há vinte anos por dois cientistas que desapareceram sem deixar rasto.

A descoberta é cobiçada por muitos, que não olham a meios para atingirem os seus fins. Para escapar daqueles que tentam capturá-los, Valeria, Peter e Stefan não encontram outra solução senão a de revelar o segredo do qual eles são os últimos guardiões.

As suas memórias são verdadeiros santuários, fechados a sete chaves. Delas dependem não só as suas vidas mas também o destino de toda a Humanidade...

Este thriller «humanista» conduzirá os leitores até às fronteiras da mente humana, numa aventura que os acompanhará durante muito tempo, como se fosse um sonho...

Eterno apaixonado pela comunicação das emoções e pelo cinema, Gilles Legardinier (Paris, 1965) entrou no mundo da Sétima Arte como pirotécnico e depois como realizador e produtor de filmes publicitários, anúncios e alguns documentários sobre filmes. Actualmente, ele consagra a sua carreira a escrever guiões para o cinema e à adaptação de argumentos. Apesar de não ser a primeira incursão no mundo da Literatura, este título é o seu primeiro thriller, do qual já se perspectiva uma adaptação cinematográfica.
Proximamente a minha opinião sobre estas obras.

3 comentários:

WhiteLady3 disse...

Não sabia que havia mais relatos da Guerra de Tróia para além de Homero e Virgílio. O primeiro fica sem dúvida debaixo de olho.

Iceman disse...

Viva White!
Também eu desconhecia totalmente a existência de tal obra.

Pelos vistos este relato é efectuado por alguém que esteve presente.

Páginas Desfolhadas disse...

Bom dia:

tens um selo à espera no Páginas Desfolhadas!

Beijo!