quarta-feira, 12 de agosto de 2015

A Ganância Humana não tem limites!


O Ser Humano, entre várias virtudes e defeitos, tem um defeito enorme que é a ganância.


Isso é visível no dia a dia e em qualquer lado. Experimentem observar, por exemplo, alguém na rua a dar canetas com publicidade. Consegue-se perceber a ganância das pessoas para sacar o máximo possível de canetas, mesmo que as mesmas sejam de péssima qualidade e não escrevam mais do 100 metros de tinta.

Há dias via no noticiário que um português, ex-motorista de autocarros, é suspeito de ter enganado quase dois milhões de pessoas (!!!) em 26 países com um esquema em pirâmide onde prometia ganhos absurdos para quem investisse pequenas quantias (prometia um retorno financeiro de 350%). 


Li a noticia e fui ver os vídeos dele no youtube e fartei-me de rir face a tanta imbecilidade e ainda mais quando se sabe que um tipo daqueles enganou milhões.


Honestamente não tenho a mínima pena dos enganados. Foi a sua própria ganância, o acreditar em histórias da carochinha que os levou a ser enganados quando é óbvio que ninguém dá nada a ninguém, muito menos dinheiro.


Azar!


E isso vai continuar a acontecer.


A Humanidade gananciosa é demasiado estúpida para aprender.


Depois chamam a polícia e “daqui del-rei” que fui enganado.


Otários!

 

 

2 comentários:

Manuel Cardoso disse...

Sem dúvida: a ganância e a estupidez andam juntas; uns querem ganhar enganando os outros e estes comportam-se como completos idiotas. Mas é impossível que estes milhões de pessoas sejam mesmo idiotas; eles tornam-se idiotas devido à ideia estúpida do enriquecimento fácil.
Conclusão: a ganância estupidifica.

Miguel Chaica disse...

Precisamente, por isso é que refiro: "A Humanidade gananciosa é demasiado estúpida para aprender".

Daqui a uns tempos nova notícia do género vai surgir e depois outra, e mais outra.

Sempre assim foi e sempre assim será.