segunda-feira, 25 de maio de 2009

Saga de um Pensador (A) – Augusto Cury




Um livro belíssimo, fascinante.

Na sala de anatomia, um grupo de caloiros fica chocado quando, na sua primeira aula, se depara com um conjunto de corpos sem identificação prontos para serem estudados por esses futuros médicos. Estes corpos são de ninguém, sem abrigos, indigentes da sociedade, corpos sem história, corpos sem interesse.

Mas será mesmo assim?

Um dos estudantes, Marco Pólo, questiona, sob gozo geral, inclusive dos professores, a identidade daquelas pessoas que ali jazem no mármore. Quem são essas pessoas, que histórias têm para contar, quem amaram, tiveram família?

Esta é a premissa para uma saga fascinante que nos faz reflectir sobre a simplicidade da vida e das relações humanas sempre tão pouco valorizadas, mas que nos permitem uma riqueza interior muito mais valiosa do qualquer riqueza material.

Um jovem sonhador que se torna um pensador, um “vendedor de sonhos”. Marco Pólo vai dissertando sobre saúde mental, acerca dos normais e anormais da sociedade, solidariedade, compreensão, amor, fé e tolerância. O livro é atravessado, do início ao fim, por uma corrente positiva que nos faz acreditar, aliás, que nos faz ter a certeza da capacidade do ser humano e no porquê de grande parte das pessoas não viverem felizes.

Uma obra que questiona o sentido da vida e a sua qualidade, que questiona e demonstra a hipocrisia da sociedade e a insistência desta em criar máscaras sociais que aprisionam as pessoas, impedindo-as de serem elas.

Um hino à sabedoria que está inserida em todos os seres humanos, mas que, infelizmente, poucos se apercebem.

Todos somos caminhantes da vida, todos temos um caminho a percorrer.

Curioso o Princípio da Co-Responsabilidade Inevitável que faz todo o sentido. Cada ser humano influencia e é influenciado… descubra este principio, é genial, maravilhoso.

Um livro que considero de leitura obrigatória.

Se não brincares com a vida, a vida zangar-se-à contigo”.

Um dia a maioria das pessoas têm de juntar os seus pedaços e reescrever a sua história. Pois muitos passam pela existência sem nunca percorrer as avenidas do seu próprio ser

A maioria das pessoas vive porque respira. Já não perguntam quem são e o que são. Estão entorpecidas pelo sistema”.



Classificação: 5

8 comentários:

Pedro disse...

Já há bastante tempo que quero ler este livro...

Acredito que vou adorar! E acredito que a partir de hoje vai ser mesmo uma compra obrigatória, senão nunca mais...

Paula disse...

Olá Iceman!
Como já tinha referido, este é um dos meus livros preferidos.
Alegra-me teres referido que "A Saga de Um Pensador" é um livro de leitura obrigatória. Este livro ajuda-nos a encarar/ver a vida de forma diferente...de forma mais simples, bonita e valiosa!

Abraços e continuação de boas leituras!!

Iceman disse...

Olá Pedro.

Sim, eu acredito que tu vais adorar este livro.

Tu podes adquirir o livro de bolso da Bertrand. Custa 9€ e acredita que, para a qualidade da obra, diria que é quase de borla.

Iceman disse...

Olá Paula.

Eu sei que este é um dos teus livros preferidos, aliás, recordo-me de ler um post teu onde tu o designavas como o "Livro da tua vida".

Este livro é tâo simples, tão terno que até assusta. Coloca-nos á frente do nariz "coisas" básicas que, de tão simples, até arrepia dada a forma como, constantemente nós as sobvalorizamos.

Não me sai da cabeça a frase: "Se não brincares com a vida, a vida zangar-se-à contigo”.

E não é que isso dá resultado mesmo?

Boas leituras e não te esqueças de te divertir.

:D

Patrícia disse...

Olá olá
Agora fiquei curiosa em relação a este livro. Vai directamente para a lista de livros a ler.
Obrigada pela sugestão.
Pat

Iceman disse...

Olá Patricia.

Acredita, este livro deve e merece ser lido.

Mariane disse...

Oiii... estive visitando o seu blog e adorei já linkei ele no meu, não pude deixar de comentar em um livro do meu ilustrissimo Augusto Cury, sou apaixonada por seus livros. Atualmente estou lendo " O Futuro da Humanidade " tem vários posts sobre ele no meu blog, faça uma visitinha:

compartilhandoleituras.blogspot.com

Abraços!!!

Iceman disse...

Olá Mariane.

Estive a ver o teu blog e gostei, também linkei já no meu.

Eu apenas li dois livros de Augusto Cury. Gosto muito, mas principalmente, têm-me ajudado a ver a vida de outra forma.

Abraço.