domingo, 15 de julho de 2007

Servidão Humana - Somerset Maugham

Servidão Humana foi dos romances que mais me surpreendeu pela positiva durante o ano de 2003 e, sem dúvida, um dos melhores livros que já li.
Foi um livro que adquiri na colecção "Mil Folhas" do Jornal "O Público" e embora nada me dissesse, adquiri-o porque uma das minhas colegas, verdadeira fanática por literatura, disse-me maravilhas de Somerset Maugham e especialmente sobre este livro. Após o ter terminado, agradeci-lhe por me ter dado a oportunidade de ter lido e apreciado uma verdadeira obra prima.
Somerset Maugham foi um escritor muito apreciado e lido até à década de 70. Era visto como um escritor pertencente ao clássicos, no mesmo patamar de um Dostóievski, Tolstoi ou Hemingway. No entanto e desconheço porquê, deixou de ser o lido e inclusivamente deixou de ser reeditado, absolutamente incompreensível.
O livro narra a história de Philip, uma criança tímida que e após a morte dos pais, é adoptada pelos tios e com eles vai viver. No entanto há um terrível senão: Philip tem pé boto e embora isso em nada influencie o amor que os seus tios lhe dedicam, é fundamental para lhe moldar o carácter, fechando-o aos poucos para o mundo. Num mundo seu cheio de medos e angústias e devido à sua proximidade com o divino (o tio de Philip é pároco) ele resolve pedir um desejo a Deus: "Cura-me o meu pé boto!"
Na manhã seguinte e noutras manhãs, ele acordo esperançado e a mesma morre ao visualizar o seu horrível defeito que lá continua. Então dá-se uma transformação vital na sua personalidade e no próprio livro: "Porquê ama-Lo?", "Porquê servi-Lo e sujeitar-me à dor e à humilhação se Ele nada faz por mim?" É nestas perguntas que Philip toma a sua decisão mais importante...
Acompanhamos então o percurso de Philip até á sua maioridade. Estudaremos com ele pintura em Paris e medicina em Londres. Apaixonaremo-nos pelas mulheres que Philip ama e, desses amores, sofreremos desilusões atrozes e choraremos sós e humilhados, completamente esquecidos e isolados do mundo.
Da solidão e da miséria, nasce um amor sério e honesto assente no respeito.
Uma grande obra que aconselho a quem aprecia a boa literatura. Um escritor que tem aquele dom de saber contar histórias.
Um livro que aborda a questão da fé e das crenças. Colocando-se do "lado de fora", o escritor faz uma crítica a essa crenças e quanto ridícula e exagerada elas podem ser.
De leitura obrigatória!

7 comentários:

Ana disse...

Olá!!!

Estou a pesquisar o teu blog, excelente!!!!

Adorei ler este livro "Servidão Humana" de Somerset Maugham, foi recomendado pelo José Rodrigues dos Santos. Depois de ler a "Filha do Capitão", escrevi-lhe um mail, onde elogiava o livro dele e como resposta foi, recomendar a Servidão Humana" de Somerset Maugham.
Desde daí, tenho lido algumas coisas dele, "O Véu Pintado", "As Paixões de Júlia" e mais uns quantos que tenho aqui em casa.
Tenho aqui uma pilha de livros para registar na minha bokkshelf do BC, dois deles são do Somerset Maugham, "O Agente Britanico" e "Histórias dos mares do Sul".

Vou continuar a minha pesquisa :))

Boas Leituras!!!

Ana

Ana disse...

Oi!!!

Tenho aqui em casa mais um livro para registar "O Mundo é Pequeno" do Somerset Maugham!!!

Iceman disse...

Olá Ana.

Eu sabia que Servidão Humana é um dos livros favoritos de Rodrigues dos Santos, aliás acho que a escrita de Rodrigues dos Santos, salvo as devidas distâncias, é semelhante à de Maugham, pelo menos no estilo e na forma como constroí o romance.

Este "Servidão Humana" faz parte do meu top 5, um livros que recomendo sempre quando me solicitam bons livros.

Mas e embora tenha adorado este livro nunca mais li nada dele, algo diria que indesculpável.
:D

teresa disse...

Acabei de ler "Servidão Humana" há uns dias. Excelente livro, sem dúvida.Todo ele é metafórico: Philip e o seu pé boto (não há pessoas perfeitas), o seu tio religioso, a sua tia que não é amada, o colégio interno, ...Uma pessoa perde-se em cada pagina, em cada reflexão.

Pedro disse...

Já comecei, já comecei!

Não vou opinar até acabar... (apenas dizer que estou finalmente a ler o livro que mais me empolgava neste momento, e que tem sido tudo o que esperava!)

miGuel pesTana disse...

Olá novamente!
Acho que fiquei fã do teu blogue.

Li este ano "Paixao em Florença" e "O veu pintado" de Sommerset Maugham. Foram duas obras muito cativantes e que revelam extrema sensibilidade do autor.
Tenho que ler "Servidao humana" e os outros todos da obra dele.
(podes ver no meu blogue as minhas opinioes)

André Nuno disse...

Terminei ontem a leitura desta fantástica obra. Gostei bastante.
Partilho contigo a minha opinião:
http://libriscogitare.blogspot.pt/2012/09/servidao-humana-somerset-maugahm-opiniao.html

Abraço!